Diretor da PF mandou delegado buscar grana para o filme

5 abr


O Conversa Afiada reproduz as principais frases da entrevista coletiva concedida pelos deputados federais Wadih Damous (PT-RJ), Paulo Pimenta (PT-RS) e Paulo Teixeira (PT-SP) sobre as relações entre a Polícia Federal e o filme sobre a Operação Lava Jato:

Wadih Damous:

– PF é órgão público, do Estado. E essa relação com particulares é promíscua

– PF cedeu equipamentos, pessoal, avião, viatura para essas filmagens

– no direito público, aquilo que não é permitido é proibido

– DG da PF até hoje não nos respondeu!

– não há base legal para que a PF patrocine um filme e – pior – um filme que relata uma investigação em curso, ações judiciais ainda em curso, com a simples finalidade de enaltecer alguns e condenar outros

– influenciar no julgamento e criar convicções no imaginário do público sobre as investigações

– Ari Fontoura declarou que viu as imagens do sequestro do Lula por parte da PF e, embora tenha havido proibição judicial, as filmagens foram feitas e cedidas à
https://www.conversaafiada.com.br/politica/diretor-da-pf-mandou-delegado-buscar-grana-para-o-filme

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: