O fim do Ciência sem Fronteiras depois de R$ 13 bilhões investidos em bolsas no exterior | GGN

30 jun


Depois de ter concedido quase 104 mil bolsas no exterior e ter investido R$ 13,2 bilhões entre 2011 e 2017, o programa Ciência Sem Fronteiras teve seu fim decretado em abril deste ano pelo Ministério da Educação.

O programa enfrentou dificuldades devida ao câmbio, já que o momento em que havia o maior número de estudantes fora do país coincidiu com a valorização do dólar. Alguns especialistas afirmam que faltou uma avaliação do impacto do investimento do programa.

“Internacionalizar a ciência requer uma estratégia elaborada e de longo prazo e em nenhum país do mundo se baseia só em mandar alunos de graduação para o exterior”, diz Helena Nader, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Já estudantes que participaram do programa elogiam o CsF e defendem sua continuidade. “Conheço inúmeros casos positivos entre os estudantes que fizeram estágio no exterior e tenho certeza de que, no longo prazo, o impacto do programa vai ficar claro”, afirma Guilherme Ross
http://jornalggn.com.br/noticia/o-fim-do-ciencia-sem-fronteiras-depois-de-r-13-bilhoes-investidos-em-bolsas-no-exterior

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: